Mito

O país vai ser obrigado a se adaptar aos migrantes e suas culturas e religiões, enquanto eles é que deveriam se tornar iguais à população do local aonde chegaram

Nenhuma política migratória que reconhece a migração como positiva sobrepõe a cultura dos migrantes à cultura do local de acolhida. O objetivo é apenas reforçar todas as garantias constitucionais de respeito à igualdade, à diversidade e aos valores essenciais da dignidade humana (como a liberdade religiosa e de expressão). Porque é isso que, numa sociedade, ajuda a quebrar preconceitos e enriquecer a diversidade cultural de todos os povos.

Além disso, a cultura é viva e mutável, sendo influenciada pelas novas tecnologias, o passar do tempo e até o contato com outras culturas.