Verdade

A migração tem efeito positivo sobre emprego e salários

Quando pensamos na migração laboral, é compreensível imaginar que, se o número de trabalhadores aumenta com a chegada dos migrantes, ou a população local vai ganhar menos dinheiro ou vai acabar perdendo seu posto de trabalho. Essa é a lógica da oferta e da procura, certo? Porém, existe algo chamado Falácia da Escassez do Trabalho (Lump of Labor Fallacy), que é uma noção errada de que o mercado tem uma quantidade limitada de trabalho a ser feito, e que ninguém pode conseguir um trabalho sem tirá-lo de outra pessoa.

Quando uma população migrante chega, ela também traz, consigo, uma demanda de mão de obra – afinal, eles também necessitam de moradia, comida ou serviços. Sendo assim, ao mesmo tempo em que os migrantes aumentam numericamente a população, eles também estimulam e alimentam a economia local. Existe, também, outro conceito básico da economia chamado de “complementaridade”, no qual trabalhadores com empregos e tarefas diferentes, porém complementares, podem se unir, aumentando a produtividade e os ganhos.

Assim, são os especialistas em economia e desenvolvimento que se somam na defesa dos benefícios que a migração traz em longo prazo.